Quem Apoiamos

O Instituto Conde também busca atender a sociedade promovendo campanhas e apoiando eventos ligados ao bem-estar e a qualidade de vida da população. A Revista Conviver é o principal projeto do Instituto Conde que destina a sua verba arrecadada para o Grupo de Assistência à Criança com Câncer (GACC).

Grupo de Assistência à Criança com Câncer

Grupo de Assistência à Criança com Câncer

Na tentativa de amenizar o sofrimento de milhares de crianças e jovens com câncer e aumentar a sua qualidade de vida, em 1996 foi inaugurado o GACC (Grupo de Assistência à Criança com Câncer) na cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo.

O GACC é uma instituição filantrópica, civil e sem fins lucrativos que, somados aos 120 voluntários, buscam oferecer qualidade no tratamento do paciente, assim como acolher e dar apoio aos familiares. 
Todos os pacientes são cuidadosamente atendidos em diversos programas que garantem o tratamento de qualidade e buscam alcançar os mais elevados índices de cura. No GACC é viabilizada a oportunidade para que os pacientes e seus familiares, sem nenhuma distinção, tenham um tratamento digno, humano, integrado e recebam todos os recursos médicos, clínicos e hospitalares. Todos estes serviços são prestados em conjunto aos recursos sociais, psicológicos e pedagógicos necessários.

O GACC é detentor do patrimônio e mantenedor do Centro de Tratamento Infanto-Juvenil Fabiana Macedo de Morais (CTFM), hospital especializado em oncologia. A instituição é a única do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira habilitada a prestar este atendimento e assiste 39 municípios da região. O Hospital CTFM/GACC é referência no tratamento integral dos pacientes SUS diagnosticados com câncer entre zero e 19 anos, atendendo atualmente mais de 500 crianças e jovens nas diversas fases do tratamento da doença.

O GACC tem como premissa a solidariedade, ética, transparência, respeito e comprometimento com todos, sejam colaboradores, pacientes ou familiares. Além de proporcionar para as crianças e para os jovens que tiveram sua infância limitada pela doença, uma maior possibilidade de cura, de bom tratamento e de uma vida melhor.

www.gacc.com.br