Saúde

O desenvolvimento da fala na infância

O papel dos pais no estímulo à fala correta

O desenvolvimento da fala na infância

Muitas crianças desenvolvem na infância transtornos na fala. O que a princípio é visto pelos pais como uma característica fofa (“ti munitinho”), pode trazer consequências graves no desenvolvimento da criança que, se não tratados ainda neste período, podem acarretar dificuldades na socialização e na aprendizagem.

Algumas doenças possuem causas biológicas, mas alguns transtornos muitas vezes são consequências do mau hábito dos pais em falar errado com os filhos e podem ser prevenidos através da conscientização e orientação dos pais. A fonoaudióloga Maria Elvira Alves explica que “nos casos de doenças em que fatores orgânicos encontram-se envolvidos, não há prevenção, mas o diagnóstico precoce e a devida estimulação contribuem muito para evolução da fala”.

Quando o bebê nasce, ele já conhece as vozes de quem acompanhou de perto a gestação, principalmente a da mãe. Essas vozes são sua principal referência e elas orientarão o desenvolvimento da sua fala. A pedagoga Joslaine Staron dá algumas dicas para os pais estimularem de maneira correta o desenvolvimento da fala dos filhos:

  • Jamais imite a forma como a criança fala e insista sempre na pronúncia correta da palavra;
  • Você pode alterar o tom de voz, aumentando ou suavizando, mas nunca altere a palavra e a construção correta de frases;
  • Não identifique um objeto pelo som;
  • Estimule a criança a falar o que ela quer, não atenda através de gestos;
  • Leia e conte histórias para a criança, isso ajuda a despertar o vocabulário;
  • Toda hora é hora de ensinar: ao cantar e ouvir música, ao sair para passear, ao tomar banho, na hora da refeição, do desenho.

Matérias Relacionadas